Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de junho de 2016

O Artesanato

O artesanato é feito a partir de tudo aquilo que a natureza oferece tais como madeiras, sementes, palhas, cipós, argilas, penas, bambus, e etc. Alguns artesanatos são feitos de barro como o pote, a talha e a panela. Outros são feitos de cipó como o caçuar e o cesto. E ainda têm os que são feitos com uruba como a peneira e o leque. Toda esta produção artesanal está ligada às necessidades do cotidiano, bem como, alguns artesanatos estão relacionados a proteção espiritual como, por exemplo, o colar de Tento.

Os povos sempre vendem objetos típicos em eventos fora da Aldeia. Uma vez por semana, um representante da aldeia vai à cidade mais próxima e tenta vendê-los. Peneiras, bolsas, cestos, flechas, tiaras, brincos e colares são os mais procurados pelos “não índios”. “Todo dinheiro das vendas é utilizado para ajudar o povo da aldeia”. No fim de eventos, que duram até uma semana, é possível vender até R$170 em objetos, mas esse dinheiro ainda é muito pouco para ajudar as deficiências das aldeias.

O artesanato é uma das maneiras do povo pataxó manter viva a cultura, é no artesanato que os pataxós criam o que foi aprendido com os antepassados, cada artesanato tem um significado e um jeito para ser usado.






Myllena Maboni.

FONTES:
Uni Blog: Auxílio para Trabalhos Pedagógicos. Disponível em <http://www.uniblog.com.br/heloquin/441702/tribo-pataxo.html>.
Prefeitura de Carmésia, MG. Disponível em < http://carmesia.mg.gov.br/municipio/povo-pataxo>.

Nenhum comentário:

Postar um comentário