Pesquisar este blog

segunda-feira, 28 de março de 2016

Alimentação e Culinária Pataxó

Conhecidos pela culinária baseada em produtos naturais, onde os ingredientes são carnes de caça, pesca e frutos, raízes plantadas na própria reserva da tribo, antigamente os índios pataxós se mantinham apenas com esses produtos, porém, com a proibição da caça devido a extinção de animais, eles passaram a ter como base de sua alimentação diária a farinha de mandioca produzida em suas aldeias e por produtos comprados em mercados e mercearias da região.

Hoje os cozidos típicos da tribo são preparados apenas em comemorações como casamentos, batizados e na festa das águas. Pratos que são acompanhados pela bebida típica chamada cauim, feita a base de mandioca e sendo diurética. Outra receita típica a base da mandioca na tribo pataxó é a macaíba, conhecido em algumas regiões como beiju e tapioca. Um prato muito popular da tribo é o peixe na folha da patioba, alimentam muito saudável, que acreditam rejuvenescer o corpo e purifica o espirito.

Cultivam o Inhame, batata, amendoim e taioba. Produzem bebidas à base de tubérculos, raízes folhas, sementes de frutos. Caça de carne vermelha de animais de floresta como capivara, porco-do-mato, macaco e outros. O trabalho na lavoura é realizado pelos homens, as mulheres ficam responsáveis pela colheita e preparo.

Figura I: Mulheres indígenas trabalhando na colheita e preparo da mandioca. Disponível em<http://www.cliquef5.com.br/>

Toda a alimentação dos índios é natural com alimentos sem agrotóxicos. Isso ajuda na a serem saudáveis devido a abundância de nutrientes vitaminas e sais minerais.

Culinária Pataxó - Peixe na patioba

Modo de fazer: Pegar três patiobas de tamanho médio. Patioba é folha de uma palmeira encontrada na Mata Atlântica, o pati. Elas são lavadas depois colocadas no fogo para murchar. Em seguida pegar o peixe e coloca um pouco de sal, sem outros temperos. Logo depois pegar as três folhas e amarra ao peixe com a ajuda de um cipó verde. Quando estiver devidamente amarrado deve ser levado ao fogo, em brasa ou rescaldos, bastante aquecido para não queimar a folha e o peixe. Fica pronto em cerca de 30 minutos e deve ser comido com farinha de puba ou mandioca assada ou cozida.

Preparando o peixe na patioba. Disponível em <http://hojenaocompreiojornal.blogspot.com.br/>


Tamires Lunkes.


FONTE: 
Yandê A Rádio de todos. <radioyande.com/CEDEFES. <cedefes.org.brRede Globo. <redeglobo.globo.comZum. <zum.com.br>

Um comentário: